14 de Junho de 1909 – Morre Afonso Pena

Afonso Augusto Moreira Pena

Morre em 14 de junho de 1909, Afonso Augusto Moreira Pena, presidente do Brasil no período entre 1906 a 1909. Conhecido como Afonso Pena, ele morreu exercendo o cargo de Presidente. Antes da carreira política, foi advogado e jurista.

Seu primeiro mandato político foi como deputado pelo Estado de Minas Gerais em 1874. Nos anos seguintes, enquanto se mantinha como deputado, também ocupou alguns ministérios. Foi governador do Estado de Minas Gerais entre 1892 e 1894. Foi durante seu governo que se decidiu pela mudança da capital do Estado, de Ouro Preto para Curral d’El Rei, hoje Belo Horizonte.

Tornou-se vice-presidente quando da eleição de Rodrigues Alves, em 1902, substituindo Francisco Silviano de Almeida Brandão, morto antes da posse; e na eleição seguinte, foi elevado à presidência no 15 de novembro de 1906.

Ao ser eleito presidente, Penna incentivou a criação de ferrovias e interligou a Amazônia ao Rio de Janeiro pelo telégrafo.

Acabou falecendo durante o mandato, em 1909, em meio a uma crise e pouco depois da morte de seu filho, Álvaro Pena. A presidência do Brasil foi transferida a Nilo Peçanha.

Confira também

Rafael Primot mostra todo o seu talento em “Aruanas”

O ator fala sobre o desafio de interpretar seu primeiro vilão, o abusador Ramiro, na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *