A bolsa nossa de cada dia

A bolsa define o estilo e a personalidade da mulher

A bola é amiga e confidente da mulher. É essencial e faz parte do dia a dia / GB Imagem

 A mulher carrega a sua vida dentro da bolsa. E mais, elas precisam ter muito mais do que somente uma bolsa. É preciso uma bolsa para cada ocasião, para cada situação. E em cada bolsa tem que ter batom, pente, lápis de olho, lenços de papel, presilha de cabelo etc, etc.

A bolsa foi criada originalmente para carregar coisas, ou seja, era uma necessidade. No entanto, já faz tempo que a bolsa deixou de ser simplesmente uma utilidade e passou a representar para as mulheres um sinônimo de status, glamour, filosofia de vida e entrou na dança da moda. As bolsas mudam a cada nova enxurrada de tendências que é derramada no mercado.

Pode se dizer que é um acessório de moda feito a partir de materiais como couro de animais, couro sintético, tecido, plástico, palha, ou outros materiais, geralmente com alça (curta ou a tiracolo), e não há regras específicas em seu formato, cores, adereços e demais atributos, assim como todos os artigos de moda, ou seja, o designer de bolsa feminina libera a imaginação ao criá-la.

O porto seguro da mulher é a sua bolsa. Nela podemos encontrar tudo, desde celulares e carteiras a lixas de unha, e em algumas ocasiões até chaves de fenda. A bolsa é mais do que um acessório, ela demonstra os segredos da mulher, pois tudo que ela carrega tem relação com sua personalidade. Não é à toa que dizem que dentro delas “carregam suas vidas”.

O sexo feminino tende a ser mais cuidadoso e ansioso, adiantando acontecimentos, situações e tornando essenciais artigos que parecem supérfluos. Os pertences variam de acordo com a idade, profissão, nível social, enfim com o grau de preocupação de cada categoria.

Em geral, mulheres mais descoladas levam acessórios mais básicos, como batons e documentos pessoais; as práticas levam bolsas menores com o que necessitam para o dia; as prevenidas se preocupam tanto com o dia quanto com a noite; as organizadas precisam de bolsas com várias divisórias; as “workaholics” levam bolsas maiores para carregarem acessórios relacionados ao trabalho como agendas, notebooks, dois ou três celulares e as preocupadas com a saúde, não abrem mão de seus remedinhos e vitaminas.

Para as fashionistas que adoram mudar de acessórios existem os chamados “organizadores” que vão dentro de qualquer bolsa e ajudam a manter a ordem.

As marcas de bolsas mais renomadas afirmam fazer pesquisas de mercado a fim de detectarem quais são as maiores necessidades das mulheres, desenhando modelos para os mais diferentes perfis.  

As mulheres demonstram parte do que são ou gostariam de ser através de suas bolsas. As menores e neutras são usadas por mulheres mais discretas, as extremamente prevenidas já não conseguem sair com uma bolsa muito pequena e as que são mais organizadas procuram bolsas com mais divisões. Existe uma ligação de muita intimidade com a bolsa, por isso não é qualquer um que está autorizado a descobrir o que tem dentro. Porém, quando uma mulher permite que seja feito, deve ser considerado com extremo respeito, pois ela permitiu desvendar uma parte de sua intimidade.

Confira também

Álcool, um inimigo silencioso!

Os efeitos nocivos do álcool são imperceptíveis, mas não se engane, o álcool é uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *