A trágica viagem do Titanic

A ilustração mostra o Titanic navegando em direção ao iceberg com o qual colidiu e horas depois veio a afundar vitimando milhares de pessoas / Arquivo GB Imagem

O “Titanic” era o maior navio transatlântico de passageiros do mundo quando foi lançado para sua viagem inaugural de Southampton, Inglaterra, para Nova York em 10 de abril de 1912. Após quatro dias de viagem, às 23h40 do dia 14 de abril, colidiu com um iceberg e afundou as 02h20 do dia seguinte, resultando na morte de 1.517 passageiros e num dos maiores  desastres marítimos em época de paz da história.

Sendo um navio de passageiros da Classe Olympic, o “RMS Titanic” pertencia a White Star Line e foi construído pelos estaleiros da Harland and Wolff, em Belfast, da Irlanda do Norte. O navio saiu em direção à Nova York com 2.227 pessoas abordo. O alto número de mortes da tragédia se deu parcialmente devido ao fato de, apesar de atender as regulamentações da época, carregava botes salva vida para apenas 1.178 pessoas. Devido ao protocolo de “mulheres e crianças primeiro”, um número desproporcional de homens morreu no acidente.

O “Titanic” foi projetado por alguns dos engenheiros mais experientes da época, e usava algumas das mais avançadas tecnologias então disponíveis. Foi um grande choque para muitos que, apesar das grandes medidas de segurança, o “Titanic” tenha afundado, e o fato de ter naufragado em sua viagem inaugural adicionou uma natureza irônica a tragédia. O frenesi por parte dos meios de comunicação sobre as famosas vítimas do “Titanic”, lendas sobre o naufrágio, a resultante mudança das leis marítimas e o descobrimento de seus destroços pelo pesquisador Robert Ballard contribuíram para manter o interesse na embarcação.

 

 

Confira também

Terminaram as gravações

Foram encerradas as gravações da próxima temporada de “Sob Pressão”, cuja exibição está prevista para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *