A vida de um gênio chamado Júlio Verne

Um dos precursores da ficção científica moderna, Júlio Verne acabou prevendo desde a criação da televisão à utilização da água e da luz do sol na geração de energia. Foi influenciado por “As Viagens de Gulliver”, de Jonathan Swift, e ”Robinson Crusoé”, de Daniel Defoe.

Júlio Verne nasceu em 08 de fevereiro de 1828 e é considerado o precursor da ficção científica moderna / Arquivo GB Imagem

Júlio Verne, em francês Jules Verne, nasceu em Nantes, na França, no dia 08 de fevereiro de 1828. Era o filho mais velho dos cinco filhos de Pierre Verne, advogado, e Sophie Allote de la Fuÿe, esta de uma família burguesa de Nantes.

Com mais de 100 livros escritos, até hoje Júlio Verne é um dos escritores cuja obra foi mais traduzida em toda a história, com traduções em 148 línguas, segundo estatísticas da UNESCO. Na maioria de seus livros, o escritor previa o aparecimento de novos avanços científicos, como os submarinos, máquinas voadoras e viagem à Lua.

Suas obras mais conhecidas, entre muitas outras, é “Vinte Mil Léguas Submarinas” e “A Volta ao Mundo em Oitenta Dias”.

Um dos seus livros “Paris no Século XX”, foi escrito em 1863 e somente publicado em 1989, quando o manuscrito foi encontrado pelo bisneto de Verne. Livro de conteúdo depressivo, foi rejeitado por Pierre-JulesHetzel, seu editor, que recomendou não publicá-lo na época, por fugir à fórmula de sucesso dos livros já escritos, que falavam de aventuras extraordinárias. Verne seguiu seu conselho e guardou o manuscrito em um cofre, só sendo encontrado mais de um século depois.

O seu último livro publicado foi “O Senhor do Mundo”, em 1904. Júlio Verne faleceu em 24 de março de 1905, em Amiens.

Confira também

O talk show de Maisa Silva

Com apenas 16 anos, Maisa Silva, a queridinha de Silvio Santos vai ganhar seu próprio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *