ATITUDE, DONA PENHA

A presidente da Câmara de Araruama, Penha Bernardes, precisa falar grosso e botar ordem na Casa. É recorrente na maioria das sessões legislativas  a baixa presença de vereadores. As sessões costumam terminar com sete ou seis edis. A maioria quando não falta prefere sair de fininho sem ao menos pedir permissão à Mesa. Terça-feira (8) aconteceu de novo, mas nada é dito.

A gazeta dos vereadores impede que algumas votações, que precisam de quórum sejam feita. Além do mais é um desrespeito com o cidadão contribuinte de Araruama pagador de impostos e responsável pelos altos salários dos vereadores. Eles ganham mais de R$ 12 mil mensais para trabalharem duas vezes por semana em sessões que duram pouca mais de uma hora e meia – algumas bem menos do que isso.

Portanto, Dona Penha, a Senhora que costuma falar grosso em algumas ocasiões poderia exigir dos faltosos responsabilidade. Se possível ameaçando descontar o dia daqueles que abandonam as sessões. O povo, sobretudo o mais pobre, agradece.

Reprodução TV/Câmara

Confira também

TCE mantém licitação de transporte de Valença adiada

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) ratificou o adiamento do edital de licitação para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *