Começam as obras na Praia do Abricó, em Rio das Ostras

A prefeitura de Rio das Ostras anunciou com uma semana de atraso as obras de manutenção de contenção, nivelamento e acessibilidade na Praia do Abricó. Por consciência todo esse esforço se deu depois de denúncia do Jornal dos Municípios no dia 23 de julho, quando escancarou a omissão do governo de Marcelino da Farmácia e de seu antecessor, Carlos Afonso.

Os trabalhos estão previstos para durar até duas semanas. Foto: Allexandre Costa

Marcelino prometeu nivelamento, contenção com pedras brutas e replantio da vegetação nativa de restinga nos pontos mais críticos.

As obras estão previstas para terminar em duas semanas. Ótimo. Mas será que é suficiente para conter a ressaca que constantemente ameaça dezenas de moradores na Praia do Abricó?

Outra questão é sobre o que não foi feito pelo prefeito tampão, Carlos Afonso. Ele alegou caráter emergencial, dispensou licitação e contratou a empresa São Marcos Terraplanagem e Construção LTDA pelo valor de R$ 5.022.228,40 (cinco milhões, vinte e dois mil, duzentos e vinte e oito reais e quarenta centavos).  Desse total cerca de R$ 2 milhões foram pagos por Carlos Afonso.  O dinheiro foi gasto a toque de caixa, sem nenhuma preocupação com o que viria por vir. Como consequência, quase tudo foi destruído pela ressaca.

Marcelino chegou a declarar que “irregularidades” foram cometidas. Todavia não disse se vai apurar tais irregularidades. De qualquer forma, os moradores do Abricó e população em geral aguardam que providências sejam tomadas. Já é tempo.

 

Confira também

Procon de Arraial do Cabo questiona reajuste de tarifa na Via Lagos

Tarifa passa de R$ 12,40 para R$ 20,60 nos fins de semana Um reajuste de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *