Escândalo abala as estruturas do governo em Casimiro de Abreu

  • Ação desastrosa do “Homem da Mala” do prefeito pode acabar em perda de mandatos

Raramente encontrado em seu gabinete, o prefeito de Casimiro de Abreu, Paulo Dames (foto), deverá ficar ainda mais ausente. É que o escândalo da tentativa de compras de um voto decisivo para deixar seu principal adversário inelegível por pelo menos oito anos, deixando o caminho livre para seu grupo político tentar garantir o poder na eleição de 2020, explodiu como bomba no pé do governo, graças às trabalhadas de dois vereadores e do empresário Wendel Veloso, conhecido como Careca do Gás, agora apelidado de Homem da Mala. O esquema que consistiria no pagamento de R$ 100 mil ao vereador Leilson Ribeiro da Silva, o Neném da Barbearia, para este faltar à votação das contas do ex-prefeito Antonio Marcos Lemos foi denunciado ao Ministério Público e cinco áudios apresentados como prova. 

Pelo que consta no depoimento de Neném, Careca seria dono da empresa WW Casimirense Incorporações – que tem contrato com o município e já recebeu este ano mais de R$ 500 mil do Serviço Autônomo de Águas e Esgoto –, mas a firma, pelo menos no papel, pertence à Palloma de Oliveira Miranda Veloso e Simão Miranda.

De acordo com a denúncia apresentada ao MP, Wendel teria sido encarregado de fechar a negociação com o vereador para este “desaparecer” no dia da votação, em troca do pagamento e de cargos no governo. Careca disse a Neném que falava em nome do prefeito Paulo Dames e que os R$ 100 mil seriam entregues, em espécie e que a entrega do montante seria feita num apartamento que o prefeito mantém em Niterói. O escândalo veio à tona com a ida de Neném ao Ministério Público em Casimiro de Abreu na última sexta-feira (13) onde, em depoimento de três laudas, ele deixou a denúncia registrada. Hoje , às 16 horas Neném voltará ao MP, desta vez na Promotoria de Justiça dos Direitos Difusos, em Macaé, onde prestará mais um depoimento.

Além da WW Casimirense existem na região pelo menos quatro empresas registradas em nomes de pessoas com os sobrenomes Miranda e Veloso, mas Careca do Gás não aparece, no papel, como dono de nenhuma delas. A WW Miranda Comércio de Gás, por exemplo, consta como sediada na Rua Pastor Luiz Laurentino Silva, 413, em Casimiro de Abreu e está registrada nos nomes de Fabiana de Oliveira Miranda e Nendira Correa Veloso. Tem ainda a Super WW Comercio de Gás, em Macaé, em nome de Fabiana e Nendira, além da Recastro Comércio de Gás, localizada no bairro Cidade Praiana, em Rio das Ostras, em nome de Palloma e Fabiana, sendo que Fabiana consta ainda como dona da Construmiranda Serviços.

Confira também

Merenda escolar é caso de saúde e de polícia em Araruama

Depois de constatarem leite em pó fora do prazo de validade em uma escola do …

3 comentários

  1. Estranho… já não houve condenação em segunda instância, tornando inelegível por 8 anos o prefeito anterior???

  2. Caramba, vim morar em Casimiro de Abreu, pensando que era uma cidade pequena, teria poucos ladrões…como fui ingênuo!
    Aqui tem tanto ladrão quanto uma vida grande !
    Estou vendo pela PODRIDÃO, que tem muito… muito mais!
    Está difícil encontrar políticos honestosem todo o Brasil…UFA!
    DESISTO DE VOTAR…

  3. A ilusão da verdade é pior que a ignorância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *