JÚRI CONDENA ESTUPRADORES A MAIS DE 30 ANOS DE CADEIA

Crime ocorreu na zona rural de Macaé e chocou moradores pela brutalidade dos agressores 

Marino Victer Dias é advogado da família da vítima – Reprodução/TV Record

Pelo crime de estupro, sequestro, carcere privado e tentativa de homicídio qualificado a uma adolescente de 16 anos, o Tribunal do Júri de Macaé condenou Carlos Mauricio Ribeiro, 21 anos, e Eder Morais Reis, 22,  a 32, 6 meses e 32,2 dois meses de prisão respectivamente. O julgamento que começou na tarde da ontem, terminou na madrugada de hoje. Após a proclamação da sentença, os condenados foram transferidos para o  Complexo Penitenciário de Gericinó, no Rio de Janeiro.

Em 9 de novembro de 2016, a adolescente, na época com 16 anos,  voltava da escola de bicicleta para casa no Bairro Imburo, Zona Rural de Macaé. No caminho, foi interceptada por Carlos Maurício e Eder. Eles a levaram para uma casa abandonada. Ali, a menina foi agredida a golpes de machado e martelo, além de ser seviciada. A vítima teve o corpo desfigurado e fingiu-se de morta. Ela foi encontrada pela polícia que foi acionada pelo pai da estudante. Na ocasião, a estudante disse aos policiais que os carrascos pretendiam voltar para “se livrar do corpo”.
Um dos agressores, segundo a polícia é filho de um proprietário rural e tinha o costume de ir ao local para abater o gado. As investigações apontaram que o motivo do crime foi desavenças entre a namorada de Carlos Maurício e a vítima. A namorada dele teria mandado “dar um jeito” na adolescente.
” Foram crimes praticados em circunstâncias de tempo e espaço diferentes. É um somatório de crimes muito graves. “A jovem atualmente está com 18 anos de idade, reside no nordeste e está sendo acompanhada por equipe de psicólogo”, disse Marino Victer Dias, advogado da família da vítima.

Confira também

TCE mantém licitação de transporte de Valença adiada

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) ratificou o adiamento do edital de licitação para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *