Justiça Eleitoral pode cancelar 100 mil títulos em São João de Meriti

O baixo comparecimento dos eleitores de São João de Meriti ao cadastramento biométrico obrigatório acendeu o sinal de alerta no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. A 20 dias do fim do prazo, em 31 de janeiro, os postos da cidade têm utilizado em média apenas 60% da capacidade de atendimento. Dos atuais 374,2 mil eleitores registrados no município, 73%  (274,3 mil eleitores) realizaram a biometria. Isso significa que, caso o Plenário do TRE-RJ homologue a revisão eleitoral, mais de 100 mil títulos estão ameaçados de cancelamento, numa cidade em que a votação mínima para a legenda eleger um vereador (quociente eleitoral) foi de 12.004 votos nas eleições de 2016.

“Teremos que avaliar a situação com cuidado. Se o Colegiado do Tribunal aprovar o cancelamento dos títulos, haverá uma representação menor das áreas da cidade que tiveram baixo comparecimento”, prevê o presidente do TRE-RJ, desembargador Cláudio Brandão. “É preocupante o elevado número de eleitores que ainda não compareceu aos postos. Por isso, começamos a tomar medidas para estimular de imediato a ida aos postos”, esclarece. A primeira iniciativa do TRE-RJ foi adotar o agendamento com abrangência estadual, que permite ao eleitor agendar o comparecimento em qualquer posto de atendimento do estado.

Mesmo que encontrem dificuldades para agendar o atendimento, eleitores de São João de Meriti, Duque de Caxias e Magé podem comparecer diretamente aos postos de atendimento, que foram autorizados a realizar o “encaixe”, quando o eleitor é atendido na ordem de chegada, de acordo com a disponibilidade. Nas eleições municipais de 2016, havia 368.991 eleitores aptos em São João do Meriti. A votação do primeiro turno registrou o comparecimento de 292.293 eleitores ou 79,2% do eleitorado da época.

Confira também

MP e Câmara de Cabo Frio convocam audiência pública para discutir transporte de ônibus em Tamoios

Discutir a qualidade do transporte público para o segundo distrito de Tamoios. Este é o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *