MPF pede limpeza nas praias de Saquarema durante campeonato de surfe

A recomendação também aborda as barracas na Praia da Barrinha e os automóveis trafegando na areia

Divulgação/PMS

Campeonato Mundial de Surfe em Saquarema sem sujeira nas praias de Saquarema. Esta e a recomendação do Ministério Público Federal (MPF) que recomendou à  Prefeitura de Saquarema,” compensações ambientais ao organizador do campeonato Mundial de Surf” sobretudo em razão do volume de lixo produzido pelas pessoas que acompanham o evento. Também recomendou-se a informação transparente à população sobre os legados da realização do evento na cidade.

O MPF também pediu fiscalização rigorosa no comércio e na presença de automóveis nas praias. É recomendada a remoção de barracas fixas que pernoitam na Praia da Barrinha, para permitir somente o comércio naquela praia através de ambulantes, sem estruturas fixas na faixa de areia. O MPF quer ainda que seja proibida a presença de veículos automotores na faixa de areia das praias em geral, principalmente Itaúna, sendo implementadas placas e fiscalização para monitoramento da prefeitura.

O prazo para que as exigências sejam tomadas é de 30 dias

Confira também

Cantor Bomfim Rodriguez leva xote e baião ao Arraiá do Colégio Conceito neste sábado

Evento terá dança, comidas típicas e premiação da rainha e do rei caipira Um misto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *