O chocolate não é um vilão!

Não dá para fugir do assunto “chocolate”, ainda mais em época de Páscoa. E uma dúvida ainda frequente é se a iguaria causa acne.

De acordo com os médicos, o cacau em si é um alimento extremamente benéfico e a sua concentração não está relacionada ao surgimento ou piora da acne, pelo contrário: esse ingrediente é um aliado da saúde e da pele. O chocolate é um poderoso antioxidante e ajuda a promover luminosidade e hidratação. O cacau contém flavonoides, que são fitonutrientes com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Os flavonoides auxiliam na proteção aos danos dos raios UV, prevenindo as rugas e combatendo os radicais livres que ajudam a deixar a pele mais brilhante e saudável. Assim, o cacau não causa espinhas.

A Páscoa não é feita somente de chocolate. Fique de olho. Outras guloseimas são preparadas à base do delicioso ingrediente. Consuma o chocolate sem culpa, mas diminua o consumo de outras calorias / GB Imagem

O problema está no açúcar e nas gorduras do chocolate. Os alimentos com gorduras, açúcares e hidratos de carbono, como os chocolates ao leite e branco, têm alto índice glicêmico. Muitos estudos sugerem que a alta carga glicêmica na dieta habitual está envolvida com a ocorrência e gravidade da acne vulgar em pacientes predispostos, na medida em que favorece a hiperinsulinemia que, em consequência, influencia no crescimento epitelial folicular, na queratinização e, também, na secreção sebácea e desenvolvimento de acne. A gordura e o leite presente em chocolates podem colaborar também para o agravamento do quadro.

Estudos realizados pela Universidade de Miller School of Medicine, em Miami (EUA), mostraram que as pessoas que comeram mais chocolate (branco e ao leite) tiveram aumento de acne e da inflamação na pele.

Os chocolates com mais de 50% de cacau e o padrão ouro – que tem mais de 70% – fornecem os benefícios antioxidantes dos flavonoides do cacau e podem ser ricos em vitamina C, vitamina E, cálcio, fósforo, ferro, potássio e sódio. De forma geral, o chocolate amargo tende a ser uma boa opção – com menos quantidade de carboidratos e açúcar, pois ele ajuda a combater doenças cardiovasculares, tem ação antioxidante e anti-inflamatória. Além disso, as versões deste chocolate com oleaginosas trazem mais benefícios e nutrientes, principalmente para pacientes com pele seca. No entanto, o Ovo de Páscoa deve ser consumido aos poucos e se a intenção é se deliciar com chocolate, uma boa ideia é reduzir o consumo de outros alimentos calóricos, que contenham farinhas e açúcar.

O chocolate é rico em flavonoides e antioxidantes que fazem bem à saúde. Prefira aqueles que têm maior teor de cacau; o segredo para consumir o chocolate de forma saudável é ingerir só um quadradinho do tablete! / GB Imagem

Quando o assunto é beleza e ingestão de calorias, o ideal é evitar o chocolate ao leite e o chocolate branco que possuem mais gordura e açúcar e assim aceleram o processo de inflamação e de envelhecimento da pele.

Pessoas com pele oleosa devem evitar esses dois tipos, principalmente se forem acrescidos de amendoim e castanhas porque eles trazem mais gordura saturada para a pele e as glândulas excretarão este acúmulo de gorduras.

No mais, fica valendo as dicas para o ano inteiro. Mantenha seu ritual de limpeza da pele e se a acne “atacar”, consulte um dermatologista que indicará o tratamento adequado. E se você exagerou na comilança geral, aumente o trajeto da sua caminhada e feche a boca para as guloseimas.

Confira também

Com “Casa da Angélica”, a apresentadora garantia ótimos pontos de audiência ao SBT

Angélica deixou a extinta Rede Manchete para brilhar no SBT, fazendo sua ponte para estourar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *