Os filhos de Grazi Massafera na nova novela da Globo

A atriz dará vida a personagem Paloma, mãe de três filhos em “Bom Sucesso”, a nova estreia da emissora

Em “Bom Sucesso” Grazi Massafera será uma mulher batalhadora, mãe de três filhos: Gabriela (Giovanna Coimbra ), Peter (João Bravo) e Alice (Bruna Inocêncio) / João Cotta-RG

A grande aposta da Globo para faturar preciosos pontos na guerra da audiência no horário das 19 horas será “Bom Sucesso”, novela que vem sendo escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm e que terá como protagonista a talentosa Grazi Massafera, no papel da batalhadora Paloma. Mulher que não tem medo de trabalho, Paloma todos dias atravessa a cidade usando o transporte público para enfrentar o batente como costureira na Chic Store, uma boutique frequentada pela alta sociedade carioca. Moradora do bairro de Bonsucesso, na zona norte do Rio de Janeiro, apesar do cansaço diário,  Paloma sabe aproveitar a vida como ninguém. Costuma se divertir na quadra da escola de samba Unidos de Bom Sucesso, se deliciar com o tempero único da feijoada do Cacique de Ramos e renovar sua fé na Igreja da Penha.

Para dar vida a personagem, Grazi diz ter se inspirado principalmente em sua mãe: “Minha mãe e muitas mulheres que encontrei pelo caminho são inspiração para esse papel. Está cheio de Paloma por aí. É fácil observar mulheres fortes, guerreiras e tão donas da própria história e poder beber dessa fonte”, aponta Grazi. E ela tem que ser forte mesmo, pois na ficção terá três filhos para criar!

Se criar um filho nos dias de hoje não é tarefa fácil, que dirá três com gostos e personalidades bem diferentes. Essa é uma das missões de Paloma, mãe de Alice (Bruna Inocêncio), Gabriela (Giovanna Coimbra) e Peter (João Bravo), que se inspirou em títulos de clássicos literários para batizá-los. Apesar das diferenças entre os irmãos, na casa desta família nunca faltou amor, harmonia e união. E, nos bastidores das gravações, o trio de atores já formou uma irmandade. “Nossa relação é de irmãos mesmo, com amor, carinho, zoação, tudo junto. É um clima muito gostoso”, destaca Bruna Inocêncio.
Tal qual a mãe, Alice ama ler e pode se perder por horas pelas páginas dos livros. Ela recebeu este nome por causa do livro “Alice no País das Maravilhas” e sua intérprete identifica algumas semelhanças com a personagem da obra de Lewis Carroll: “A imaginação, a força, a delicadeza, a sinceridade, a curiosidade…”, diz Bruna. A primogênita de Paloma é uma das melhores alunas da escola e por causa da timidez tem dificuldade em se impor e expressar seus sentimentos. A não ser que seja para colocar tudo o que está sentindo em um texto, pois tem uma habilidade nata para escrever. Alice guarda uma grande mágoa do pai, Ramon (David Junior), que foi morar nos Estados Unidos poucos meses depois dela nascer e ficou lá por mais de 15 anos. Sua vida tem uma reviravolta quando ele retorna para o Brasil e quando ela começa a namorar o garoto mais popular da escola, Luan (Igor Fernandez). Por causa desse relacionamento, Alice precisará aprender a lidar com os ciúmes e as maldades de Jeniffer (Nathalia Altenbernd), que não vai aceitar perder seu “crush” para a CDF da escola, e com o comportamento dúbio de Waguinho (Lucas Leto), melhor amigo de seu namorado, que começa a se envolver com más companhias.

Bem diferente da irmã, Gabriela é impulsiva e tem o instinto à flor da pele. A atriz Giovanna Coimbra aponta algumas características em comum de sua personagem com a de “Gabriela Cravo e Canela”, de Jorge Amado: “Ela anda pela vida vestida de liberdade, coleciona atrevimentos e choca gente cheia de pudor que não ousa ser dona do próprio destino”. A filha do meio de Paloma não leva desaforo para casa e vive envolvida em brigas e discussões, seja para defender quem ama ou ela mesma. Passa horas jogando na quadra do bairro, sonhando com o dia que poderá viver de seu talento. Assim como a personagem, Giovanna é apaixonada por basquete e pratica o esporte desde os 10 anos de idade. “Comecei jogando num time que só tinha meninos e bem mais velhos do que eu. Depois fui chamada para jogar federada em um clube, onde fiquei por mais ou menos uns cinco anos. Para minha felicidade, logo que entrei na faculdade descobri que existia um time de basquete dos universitários. Ou seja, desde sempre vivo um ‘relacionamento sério’ com o esporte e não me imagino parando de jogar. Agora consegui unir duas paixões antigas: a atuação e o basquetebol”.

Já o caçula Peter (João Bravo) é brincalhão e sonha ser influenciador digital. Vive se dedicando a fazer vídeos e, enquanto isso, deixa o dever de casa para segundo plano, o que prejudica seu desempenho escolar e deixa Paloma ainda mais preocupada. Sobre as semelhanças de seu personagem com o famoso Peter Pan? “Os dois são aventureiros, tem a felicidade de ser criança, de brincar e de não querer crescer. Só é uma pena que eu não consiga voar”, João Bravo brinca.
“Bom Sucesso” estreia em breve na tela da Globo e o telespectador poderá conferir como será a atuação deste quarteto familiar.

Confira também

Quem é rainha, nunca perde a majestade

Vivendo uma nova fase profissional, Xuxa continua brilhando frente ao “Dancing Brasil” Pode-se dizer que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *