Paulo Dames põe “trem da alegria” nos trilhos em Casimiro de Abreu

Paulo Dames põe “trem da alegria” nos trilhos em Casimiro de Abreu

A enxuta estrutura da autarquia municipal Águas de Casimiro vai ficar “engordar” com a criação de novos cargos comissionados, o que é considerado desnecessário por quem conhece o funcionamento do órgão que tem vida financeira própria, independência garantida com a arrecadação dos valores cobrados pela distribuição de água potável e taxa de saneamento. De acordo com o Projeto de Lei enviado por Dames à Câmara de Vereadores, a autarquia vai funcionar como “cabide de emprego”, passando a contar com um assessor técnico, um assessor de controle interno, três diretores e um assessor operacional, além de uma função gratificada de ouvidor e cinco de chefe e setor, o que vai pesar bastante no custo operacional.

Os salários variam entre R$ 1.540 e R$ 3850, o que na verdade representa R$ 2.618 e R$ 6.445, por conta de uma gratificação de até 70%, que pode ser data de acordo com a vontade do presidente da autarquia. O valor da função gratificada foi fixado em R$ 991.

O índice FG é concedido ao servidor efetivo que passar a exercer função de chefia, com o valor do índice acrescido a seus vencimentos.

Confira também

Operação Basura resultou em quatro prisões preventiva e 39 busca e apreensão

A Operação Basura, desencadeada nesta terça-feira (5) pela Polícia Federal (PF) e pelo Grupo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *