Polícia prendem três homens acusados de estelionato em Cabo Frio

Agentes da Delegacia de Cabo Frio prenderam, na sexta-feira (16), três pessoas, acusadas de estelionato. O trio era especializado em aplicar o conhecido golpe do bilhete premiado, atuando em todo o Brasil, principalmente no trecho entre Londrina (PR) até Cabo Frio, na Região dos Lagos.

Eles foram identificados como sendo Wilson Casturino Ramos; Miguel dos Santos e Graciane Dias Gomes Gonçalves, todos originários do Estado do Paraná. O Setor de Inteligência agora realiza pesquisa em toda a região para encontrar mais pessoas lesadas pelo grupo criminoso.

O líder do grupo, Wilson, tinha a função de organizar o trabalho de seus colaboradores. Ele planejava e coordenava toda a atuação, conduzindo os demais integrantes em seu veículo e realizando operações bancárias posteriores para ocultar e dissolver o dinheiro subtraído em várias contas, partilhando logo depois os valores conseguidos entre os criminosos.

Wilson dissolvia o dinheiro arrecadado das vítimas em várias contas pelo Brasil, sendo certo que cada integrante recebia a quantia de R$ 9.750,00 por golpe concluído. A Distrital agora trabalha para identificar os demais integrantes da organização criminosa, que seriam de São Paulo, e as contas bancárias com consequente bloqueio dos valores visando ao ressarcimento das vítimas.

Deve-se mencionar que os presos levavam vida de luxo, alugando mansão em Itaúna, Saquarema, à beira mar e ficavam em hotéis renomados, alimentando-se em restaurantes requintados, quando comemoravam o êxito.

Importante destacar que o grupo criminoso atua no ramo de tais delitos patrimoniais desde 2008, possuindo maus antecedentes e condenações em outros estados da Federação.

Confira também

Polícia apreende mais de uma tonelada de maconha em Itaguaí

Uma carga com mais uma tonelada de maconha, escondida em um caminhão-tanque, foi apreendida pela …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *