Preparem as panelas: vem aí “Mestre do Sabor”

O novo reality de culinária da Globo será mostrado às quintas-feiras e a disputa será em seis fases

 E seguindo a linha de inovar em sua programação, a Globo está preparando para o dia 10 de outubro a estreia de “Mestre do Sabor”, o seu novo reality de culinária que promete prender a atenção do telespectador, principalmente os fãs de gastronomia.

A trupe que fará o “Mestre do Sabor”: José Avillez, Leo Paixão, Claude Troisgros, Kátia Barbosa e Batista / Victor Pollak-RG

E virá tudo junto se misturado. A paixão pela gastronomia. A expertise em reality shows. A emoção da competição. Um time de chefs talentosos. E os sabores de uma culinária passada de geração em geração com ingredientes tipicamente brasileiros.
Como toque especial, o programa traz a irreverência de uma carismática dupla formada pelo apresentador Claude Troisgros e seu braço-direito Batista, e o charme das cozinhas mineira, carioca e portuguesa – representadas pelos chefs Leo Paixão, Kátia Barbosa e José Avillez, no papel de mestres. O time é versátil e se reveza nas funções de auxiliar e avaliar as habilidades de 24 candidatos que participarão da competição, todos chefs profissionais, vindos de diferentes regiões do Brasil. 
Na festa de lançamento da atração, Claude Troisgros e Batista deram as boas-vindas. “Estamos muito felizes. E este é o principal sentimento durante esse tempo em que gravamos ‘Mestre do Sabor’. Batista e eu estamos na TV há quase 15 anos e fazer um programa da Globo deixou a gente um pouco tenso. Mas, desde o início, quando vimos que tínhamos uma equipe tão fantástica em torno de nós, ficamos tranquilos. ‘Mestre do Sabor’ é um reality show, uma competição, mas possui um clima acolhedor. Vamos ter comida boa, pressão, obviamente, mas muito acolhimento também”, adianta o chef francês. Batista, complementa. “Quando eu entrei no estúdio fiquei impressionado. É tudo muito lindo e emocionante. É o meu primeiro reality e eu estou muito feliz”.
Nessa competição, o carro-chefe é o sabor e a porta de entrada é uma degustação às cegas. Na primeira fase – intitulada “Prato de Entrada” – cada chef cozinha e apresenta seu melhor prato. Sem saber quem os preparou, os três mestres decidem individualmente, apenas pelo paladar, quem entra para seus times. O marco da aprovação é um grande telão, que se abre caso o chef conquiste uma das vagas. O mesmo critério se aplica a todas as seis diferentes fases que definem a competição: sempre que o trio ou Claude estiverem degustando e avaliando os pratos, eles não saberão qual participante os preparou, deixando a disputa ainda mais emocionante. Tudo acontece aos olhos de uma plateia que assiste, torce e acompanha, do estúdio, a todas as etapas, desde a seleção inicial até a grande final.
Os ingredientes e produtos nacionais têm lugar de destaque. Eles são os aliados dos grandes talentos e resgatam a tradição e afetividade da cozinha tradicional brasileira. Estão presentes em todo o reality, nos itens do mercado e nas dicas trazidas para as provas, diretamente do palco do programa, com personagens de histórias inspiradoras vividas na gastronomia regional. À disposição dos concorrentes há um estúdio montado com tudo que um chef profissional poderia sonhar: ilhas de cozinha equipadas com utensílios e eletrodomésticos de última geração e um mercado recheado de temperos, especiarias e ingredientes tipicamente brasileiros, disponível e com acesso ilimitado aos competidores durante todo o tempo de preparação das receitas. Com provas eliminatórias, desafios, duelos gastronômicos e muita disputa, o reality segue cheio de reviravoltas até a grande final, que será exibida ao vivo.
“Mestre do Sabor” vai ao encontro de fãs de gastronomia de todo o Brasil. Para atender a esse público apaixonado de diferentes maneiras, o reality terá conteúdo na TV aberta, na TV fechada e na Internet. Na Globo, será exibido semanalmente, às quintas-feiras, sempre com episódios inéditos. 
No Gshow, site oficial da atração, os fãs de culinária terão acesso a serviços exclusivos. Dentre eles, o passo a passo para reproduzir as receitas do programa em casa, dicas de harmonização de bebidas que combinam com os pratos, conversor de medidas e porções e a possibilidade de criar um livro de receitas digital e personalizado.
No canal pago GNT, serão exibidas as reprises dos episódios com conteúdo estendido, às sextas-feiras. O público poderá acompanhar os destaques do “Mestre do Sabor” também pelas redes sociais do NHAC, nas plataformas digitais. Melhores momentos, quizzes interativos, enquetes e o conteúdo exclusivo digital “Supermercado do Chef”, que responderá dúvidas comuns sobre produtos e os melhores itens para aquisição, trarão a voz do espectador para a conversa em torno do programa.

A competição acontecerá em seis etapas

Prato de entrada – Para garantir uma das 24 vagas do reality culinário, chefs profissionais de todo o Brasil preparam seu melhor prato na cozinha. Os três mestres, José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão, degustam os pratos sem saber quem os cozinhou. As avaliações são individuais. A cada uma, o trio decide se o candidato merece uma vaga no seu time para seguir na competição. Se mais de um mestre aprovar o candidato, ele é quem escolhe o time em que vai ingressar. Os três times seguem para a próxima fase com oito integrantes cada um.
Na pressão – A fase tem duas etapas. A primeira, no formato time contra time, é o “Menu Confiança”. Os três times cozinham um menu completo. Dessa vez, cada mestre orienta seus cozinheiros e quem avalia e elege o melhor menu é o apresentador Claude Troisgros. O time que levar o voto de Claude está imune da segunda prova. A segunda etapa é a “Batalha dos Cucas”. Nela, os chefs cozinham individualmente e voltam a ser avaliados pelos mestres José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão, que são responsáveis por definir os dois participantes que deixam a disputa.
Duelos – Esta etapa tem duelos em “mata-mata”. A cada episódio, duplas são formadas, independente dos times e por escolha dos próprios cozinheiros, para a realização da prova. Dessa vez, os chefs disputam a preferência dos mestres. O melhor cozinheiro de cada duelo segue na competição. 
Na balança – A fase tem duas rodadas de provas individuais. Na primeira, os chefs cozinham um prato e José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão elegem, cada um, seu preferido. Os chefs responsáveis pelos pratos eleitos são classificados para a semifinal. Os chefs restantes cozinham individualmente em mais uma rodada da prova. Os mestres, novamente, elegem os melhores pratos e colocam mais três chefs na semifinal. 
Semifinal – A semifinal também acontece em duas partes. Os seis chefs nesta etapa cozinham seu melhor prato. Desta vez, Claude volta ao papel de avaliador. Ele degusta todos os pratos e coloca dois participantes na final. Em uma segunda rodada individual, os mestres assumem o posto de avaliadores e elegem outros dois competidores para seguir adiante. A fase termina com quatro finalistas.

Confira também

O primeiro imperador do Brasil

Pedro de Alcântara Francisco António João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *