Vereadores de Casimiro aprovam CPI para apurar denuncias de irregularidades em contrato de obras em Barra de São João

Por cinco votos a um, a Câmara de Casimiro de Abreu aprovou na sessão desta quarta (15) CPI para apurar possíveis irregularidades no cumprimento do contrato do Município com a empresa Aires Empreendimentos e Serviços Eireles ME.

De acordo com o autor da proposta, a empresa foi contratada pelo município para fazer obras de terraplenagem nos bairros Novo São João, Novo Palmital e Paratis com colocação de brita, saibro e brita corrida. “Fizeram um contrato de R$ 521 mil, mas os serviços foram mal feitos e em alguns bairros sequer foram realizados”, observou Ramon, autor do pedido de CPI.

De acordo com o planejamento do município, as obras que se iniciaram em maio de 2018 deveriam estar concluídas em julho daquele ano. Todavia parte da população sofre com os transtornos provocados pela falta de pavimentação e saneamento.

Inconformados, um grupo de moradores veio a Câmara acompanhar de perto a sessão. O líder do governo, Alex Neves, tentou justificar seu voto alegando que o contrato entre o Município e a Aires ainda está em andamento e que por isso seria necessário esperar o fim dele e, só depois, cobrar providencias.
A ideia foi rechaçada de pronto por Adriano Lima que desafiou Alex a fazer trilhas de moto no local (o vereador é piloto de enduro e nas horas vagas realiza trilhas em Casimiro)

“O senhor representa o governo. O senhor foi na casa das pessoas? Quem passa pela situação é quem mora. O senhor gosta de trilha. Vamos fazer trilha no bairro São João . O senhor fala de obras no governo passado porque se fosse nesse governo nenhuma obra seria iniciada”.
Somente seis vereadores compareceram a sessão: Lelei da Marmoraria, Adriano Lima, Ramon Gidalte, Eduardo Miranda, Alex Neves e Tiago de Rio Dourado.

Confira também

Vice pede e TJ afasta prefeito André Granado da prefeitura de Búzios

o vice-prefeito pediu e o Tribunal de Justiça aceitou. Desde a manhã de hoje (13) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *