Pousada da pontinha rodape

Decreto suspende eventos acima de 100 pessoas e determina limpeza de mãos três vezes ao dia em escolas públicas

Por Cezar Guedes em 12/03/2020 às 15:23:23

A pandemia de coronavírus mereceu do governo de Macaé medidas extremas de prevenção à doença. O prefeito Aluízio Santos mandou publicar hoje (12) decreto contendo uma série de normas que vão desde a colocação de álcool a 70% para limpeza de mãos em locais públicos até busca de idosos em domicílios.

O decreto 27/2020 foi editado porque há casos suspeitos em Macaé, fato que pode ser agravado devido ao fato de o Município ter grande circulação de pessoas.

Medias atingem escolas e eventos - Estão suspensas todas as cirurgias eletivas - salvo as de oncologia – nos hospitais São João Batista, Hospital Público de Macaé (HPM) e Hospital Público da Serra (HPMS). Eventos acima de 100 pessoas, em locais públicos, como ruas e praças, estão proibidos.

Haverá rotina de higienização e lavagem de mãos com água e sabão em escolas públicas, no mínimo três vezes ao dia: na chegada dos alunos, antes das refeições, na saída ou em casos de sujidades aparentes. O governo promete limpeza de todos os móveis e objetos com álcool a 70% nas escolas, antes do início de cada turno.

Também haverá colocação de dispenser de álcool a 70% em locais públicos em todos os órgãos públicos municipais. Nesse sentido, todos os órgãos públicos deverão afixar mensagens sobre o coronavírus.

Caso alguma pessoa apresente quadro da doença, poderá ser internado compulsoriamente (por obrigação) desde que se recuse a obedecer às recomendações da Organização Mundial de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde.

Um gabinete de prevenção está sendo composto pelas Secretarias de Saúde, Educação, Superintendências do HPM, do HPMS, Coordenador da Estratégia Saúde da Família Coordenador de Emergências, todos órgãos subordinados ao prefeito.




Lapec

Comentários

Otica lider