Búzios: Credores reclamam que empresa que faturou R$ 62,2 milhões na gestão passada estaria sendo priorizada pela Prefeitura

Por Cezar Guedes em 01/04/2021 às 08:38:47

Apontado como empresário preferido na gestão do ex-prefeito André Granado, durante a qual sua empresa recebeu pagamentos no total de R$ 62,2 milhões, Alessandro Carvalho de Miranda, o Alê, já começou a despertar a atenção dos demais credores da Prefeitura de Búzios. Representantes de empresas com restos a receber junto à administração municipal se queixam de que estariam sendo deixados no fim da fila pelo prefeito Alexandre Martins (PR), que, no entanto, já autorizou este ano pagamentos líquidos que somam mais de R$ 2,5 milhões à empresa Ônix Serviços, de propriedade de Alé.

Pelo que está no sistema que registras as despesas pagas pela Prefeitura, entre 24 de fevereiro e 24 março a Ônix Serviços recebeu o total líquido de R$ 2.584.529,81, enquanto a maioria dos fornecedores não recebeu um centavo sequer na atual gestão. Em fevereiro foram feitos dois pagamentos que somam R$1.031.646,70, e os recebimentos chegaram R$ 1.552.883,11 em março.

Com pelo menos 17 contratos firmados com a Prefeitura de Búzios em sete anos, a empresa de Alê recebeu dos cofres públicos municipais R$ 1.227.899,46 em 2013, R$ 4.171.379,57 em 2014, e R$ 7.061.493,82 no ano seguinte. Em 2016 os pagamentos somaram R$ 4.966.306,91 e chegaram a R$ 8.480.876,16 em 2017. Em 2018 a soma foi de R$ 7.313.615,69, subindo a R$ 11.370.610,00 em 2019, com as quitações somando R$ 17.679.121,20 em 2020.

*O espaço está aberto para manifestação da Prefeitura de Búzios.

Comunicar erro
Anazon-Moda e Beleza