MPF e PF ouvirão os dois foragidos recapturados após fuga com alvarás falsos no Rio

João Felipe Barbieri e João Victor Roza foram presos nesta semana após fugirem do Complexo Penitenciário de Gericinó no ano passado

Por Cezar Guedes em 22/04/2021 às 23:03:45

O Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF) ouvirão os dois recapturados nesta semana – João Felipe Barbieri e João Victor Roza – que estavam foragidos desde o ano passado após utilizarem alvarás de soltura falsos para escapar do Complexo Penitenciário de Gericinó, no Rio de Janeiro.

Em fevereiro deste ano, o MPF instaurou investigação (PIC nº 1.30.001.002436/2017-95) para apurar a soltura de presos com o uso de alvará de soltura falso.

Barbieri foi capturado na manhã desta quarta-feira (21) em Piratininga, Niterói, e João Victor Silva Roza foi preso na segunda (19) em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, após monitoramento e uma denúncia anônima.

"A recaptura desses dois presos federais revela-se de extrema importância. Além de contribuir em muito para o prestígio e efetividade das execuções penais (federais e estaduais) no Estado do Rio de Janeiro, abre novas possibilidades para as investigações federais (MPF e PF) acerca do tráfico de armas e consequente abastecimento bélico do crime organizado. Neste caso específico, o MPF, pelos canais competentes da PGR, solicitou cooperação internacional das autoridades americanas a fim que o Aeroporto de Miami e o Aeroporto do Galeão não sirvam mais de corredor aéreo aos traficantes de armas e munições. O que, além de aumentar o poder de fogo das facções criminosas em desfavor das forças policiais não deixa de colocar em risco a segurança aérea", destaca o procurador da República Eduardo Benones, que atua no Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial.

(*Com informações da Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria da República do Rio de Janeiro)

Comunicar erro
Anazon-Moda e Beleza