Racha político no Rio: Ceciliano rompe com Claudio Castro

Presidente da Alerj bate na mesa e diz que não vai aceitar ameaças

Por Cezar Guedes em 28/04/2021 às 20:27:40

Visto por várias correntes políticas como "pau mandado" do presidente Jair Bolsonaro, o governador interino do Rio de Janeiro, Claudio Castro, não é mais aliado do presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano, e vice-versa. Quem "chutou o balde" foi André e isto aconteceu na tarde desta quarta-feira (28), por conta de ameaças ao presidente e a vários deputados, devido ao decreto legislativo que suspende a concessão da Cedae para a iniciativa privada. Apesar das ameaças Ceciliano manteve a votação para a sessão de amanhã (29), gostando o governador ou não.

"Tenho recebido telefonemas desde ontem (27), inclusive com ameaças pessoais. Hoje já recebi vários deputados reclamando que o próprio governador tem ligado fazendo ameaças. Quero dizer ao deputado Márcio Pacheco (líder do governo) que nem o governador afastado fez isso. Isso não fica bem, não acaba bem, a gente já viu isso aqui. O parlamento é um poder autônomo, independente. Eu represento o parlamento e não vou permitir ameaças. Deputados federais ligando para deputado, senadores ligando para deputado. O governador não está de ingênuo nisso", disparou André.

Depois de falar sobre as ameaças a parlamentares, André foi interpelado pelo líder do governo na Casa, Márcio Pacheco (PSC), que está de olho numa vaga de conselheiro no Tribunal de Contas. Pacheco saiu em defesa de Castro e disse que o governador não ameaça ninguém, mas gaguejou e ficou sem resposta de ante de nova fala de Ceciliano, que o desafiou.

"Vossa excelência quer que eu dê os nomes aqui? Olha para mim, deputado Márcio. Eu renuncio ao meu mandato aqui, e quero que vossa excelência renuncie ao seu, se ele não ameaçou parlamentar. Vossa excelência está dizendo que eu estou mentindo? Sim ou não? Eu estou mentindo?".

De acordo com o decreto a ser votado amanhã, o leilão só poderá ocorrer após a prorrogação do Regime de Recuperação Fiscal (RRF) – acordo homologado em 2017 entre o estado do Rio e o governo federal para suspender temporariamente do pagamento de dívidas com a União.

Comunicar erro
Anazon-Moda e Beleza