Eleições suplementares de Itatiaia e Santa Maria Madalena poderão ser marcadas pelo TRE-RJ para julho ou 1º de agosto

Por Cezar Guedes em 28/04/2021 às 20:54:52

Definidas antes para o dia 11 de abril e suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus, as eleições suplementares de Itatiaia e Santa Maria Madalena, municípios do estado do Rio de Janeiro, poderão acontecer em 24 de julho ou 1º de agosto. A aposta é de advogados que representam os interessados em concorrer nos pleitos nos quais serão escolhidos prefeito e vice, que estão ansiosos pela campanha nas ruas. As duas cidades vem sendo governadas pelos presidentes das respectivas Câmaras de Vereadores, Imberê Moreira Alves e Nilson José Perdomo Costa desde o dia 1 de janeiro. A realização de novas eleições foi decidida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por conta da impugnação dos registros de candidaturas dos políticos mais votados no pleito de 15 de novembro de 2020, Eduardo Guedes, em Itatiaia, e Clementino da Conceição, em Santa Maria Madalena.

A decisão por novas eleições nas duas cidades aconteceram em meados de dezembro. No caso de Itatiaia, a corte acatou um recurso do Ministério Público Eleitoral (MPE) e confirmou a ilegalidade da candidatura do ex-prefeito Eduardo Guedes (PSC), que buscava um terceiro mandato consecutivo, o que é vedado pelo artigo 14 da Constituição Federal.

Em relação à Santa Maria Madalena, o TSE negou provimento a um recurso apresentado por Clementino da Conceição, que tentava reverter uma decisão de novembro de 2020, quando o TRE-RJ indeferiu o registro do candidato do PL por ele ter sido condenado em ação de improbidade administrativa com danos aos cofres públicos. Clementino governou o município até o dia 31 de dezembro de 2016, tendo cumprido dois mandatos consecutivos.

Comunicar erro
Anazon-Moda e Beleza