CMM coronavirus

Prefeitura de Araruama decreta medidas para restringir concentração de pessoas

Ações atingem toda a atividade comercial do Município

Por Cezar Guedes em 23/03/2020 às 13:41:30

Por meio de novo decreto (66/2020), a prefeitura de Araruama restringiu ainda mais as atividades comerciais no município. Somente serviços de saúde em hospitais, clínicas, laboratórios e estabelecimentos congêneres poderão funcionar de forma irrestrita.

O novo decreto cuja vigência vai até o dia 31 de março determina fechamento de bares, restaurantes, quiosques, lanchonetes, comércio ambulante. Também estão restritas atividades que envolvem concentração de pessoas, como missas, cultos, clubes sócias, permanência em praças e pontos turísticos, shopping centers, academias de ginásticas.

Também está proibida a frequência em praias, lagunas, lagoas, piscinas públicas, praças. Fica proibida a parada de ônibus intermunicipais na rodoviária. Já o transporte via aplicativo (Uber) está impedido de circular para outros municípios. O mesmo vale para os táxis. "nibus que circulam na cidade, somente com 30% de sua lotação e mesmo assim com janelas abertas.

O que funciona – Cartórios, supermercados, peixarias, supermercados, farmácias e congêneres. Os postos de gasolina terão que evitar filas em abastecimento para evitar aglomeração de pessoas. Bancos e loterias esportivas funcionarão com 50% de seu atendimento, assim como os correios.

De maneira geral, todos os comércios terão que se manter limpos e higienizados. Os funcionários terão que atuar com máscaras, luvas e ter à disposição álcool 70, toalhas de papel e sabão líquido.

O decreto estabelece que fica a cargo da Guarda Municipal e a Defesa Civil o monitoramento das ações. O descumprimento incide em crime.


Mosquito
Senior

Comentários

Otica lider