Servidores de Itaguaí terão de devolver R$ 3,6 milhões aos cofres da Prefeitura

Por Cezar Guedes em 17/09/2021 às 22:40:42

Vinte e três servidores da Prefeitura de Itaguaí receberam em suas contas bancárias valores pagos indevidamente e terão de devolver o total de R$ 3.619.063,44 aos cofres da municipalidade. Determinação nesse sentido foi expedida pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.

De acordo com o que o TCE-RJ apurou, as irregularidades na folha de pagamento aconteceram entre janeiro de 2013 e dezembro de 2016, nas gestões dos prefeitos Luciano Mota e Wesley Pereira. Funcionários lotados em vários setores da administração municipal receberam valores não registrados em suas fichas financeiras e não contabilizados, caracterizando, segundo o órgão fiscalizador, dano aos cofres públicos.

O Tribunal de Contas está citando os funcionários para que devolvam os valores apontados na tomada de contas em pauta. Atualizados, os valores variam entre R$ 75 mil e R$ 429 mil. Os pagamentos extras teriam sido feitos a título remuneratório ou indenizatório. Os valores ilegais mais altos apontados pela Corte de Contas são de R$ 170.313,82, R$ 184.370,17, 209.766,043, R$ 300.227,94, R$ 305.234,20 e R$ 429.155,22.

O TCE-RJ está ainda o prefeito da cidade, Rubem Vieira de Souza, o Dr. Rubão, para que ele tome ciência dos débitos e adote as providências administrativas necessárias.

(Com informações do TCE-RJ)

Comunicar erro
Anazon-Moda e Beleza