Princesa Isabel, a Redentora do Brasil

Por Cezar Guedes em 23/07/2022 às 16:29:07
 Ao abolir a escravatura no Brasil, a Princesa Isabel apressou o processo de proclamação da República / Arquivo GB Imagem

Ao abolir a escravatura no Brasil, a Princesa Isabel apressou o processo de proclamação da República / Arquivo GB Imagem

Aquela tarde de 29 de julho de 1846 estava mais fria do que nos outros dias, no entanto o clima de expectativa no Palácio de São Cristóvão e o farfalhar das saias das amas da Imperatriz Dona Tereza Cristina esquentavam o ar. É que a família real estava prestes a ter um herdeiro. Ao cair da noite os rojões anunciavam que havia nascido uma princesa, a herdeira do trono do Brasil.

Batizada sob o nome de Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bourbon Bragança, mais tarde Princesa Isabel, entrou para a História do Brasil como a "Redentora dos Escravos" por ter assinado a Lei do Ventre Livre, a Lei dos Sexagenários e a Lei Áurea, acabando de vez com a escravidão no Brasil.

Filha de D. Pedro II e da Imperatriz D. Tereza Cristina, a Princesa Isabel era a herdeira do trono, tendo governado o Brasil, como regente, por três vezes, na ausência de seu pai.

Casou-se em 1864, aos 18 anos, com o Marechal do Exército, Gastão de Orleans, o Conde D'Eu. Passou assim a ser, além de princesa, Condessa D'Eu.

Desempenhando um alto papel no governo imperial, ela nunca escondeu sua profunda simpatia pela causa da libertação dos escravos. Chegou a promover festas para angariar fundos destinados à Abolição. Segundo relatos da época, numa quermesse vendeu flores colhidas no Quilombo do Leblon, em benefício da Campanha Abolicionista.

No seu primeiro período regencial que decorreu de 1871 a 1872, ela assinou a Lei do Ventre Livre, e no último assinou a Lei Áurea que extinguiu totalmente a escravidão no Brasil.

A abolição da escravatura acabou por acelerar o processo de proclamação da República, assim no ano de 1889 a família real foi banida do Brasil, refugiando-se na França.

No ano de 1921, no dia 14 de novembro a Princesa Isabel morreu em Paris, no Palácio d'Eu.

Comunicar erro
Computadores na amazon
Anazon-Moda e Beleza