Com mais um empréstimo, prefeito de Casimiro de Abreu aumenta a herança maldita a ser deixada para a próxima gestão

Por Cezar Guedes em 14/06/2024 às 09:16:26
A arrecadação obrou em comparação a 2020, mas ainda assim Ramon tem apelado para empréstimos - Divulgação/PMCA

A arrecadação obrou em comparação a 2020, mas ainda assim Ramon tem apelado para empréstimos - Divulgação/PMCA

Seja lá quem for o vencedor das eleições deste ano em Casimiro de Abreu, o eleito vai ter de se desdobrar para pagar as dívidas que estão sendo acumuladas pela gestão atual, que apesar de a receita do município ter aumentado em muito em comparação com o último ano do governo anterior, vem apelando por contratações de crédito, buscando empréstimos, operações aprovadas sem o menor questionamento pela servil Câmara de Vereadores, que passou a ser vista como mero "puxadinho" do gabinete do prefeito Ramon Gidalte, já que não questiona nada que ele faz.

Em 2020, último ano do governo anterior, as receitas correntes somaram R$ 267.8 milhões, e subiram para R$ 368,8 milhões em 2021, o primeiro ano do governo Ramon Gidalte, prefeito que já começou o mandato pedindo empréstimo. Em maio daquele ano ele teve autorização da Câmara para tomar R$ 29 milhões emprestados junto à Caixa Econômica Federal.

Embora a arrecadação continuasse aumentando, tendo a Prefeitura registrando R$ 572,3 em receitas correntes em 2022 e R$ 579,8 milhões no ano seguinte, Ramon pediu mais uma operação de crédito para pegar R$ 30 milhões emprestados da Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio).

Chegou 2024 e mesmo com a receita permanecendo em alta – de 1º de janeiro até ontem (13) a Prefeitura arrecadou R$ 218,1 milhões – Ramon enviou dois projetos de Lei à Câmara de Vereadores, cujos membros, sem pestanejarem, deram autorização para um empréstimo de R$ 35 milhões na Caixa (mensagem 004/24) e R$ 50 milhões junto ao banco do Brasil (mensagem 017/24), elevando a R$ 144 milhões o total dos empréstimos autorizados para o a gestão do prefeito Ramon Gidalte.

*O espaço está aberto para manifestação do prefeito Ramon Gidalte e da Câmara Municipal de Casimiro de Abreu


Comunicar erro
Pontinha
Selix