Supremo determina volta de cinco deputados a Alerj

Deputados foram presos em operação Furna da Onça

Por Cezar Guedes em 28/05/2020 às 10:25:03

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que cinco deputados afastados do cargo devem retornar a Alerj. A ordem chegou a Assembleia, comunicada pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RJ) nesta quarta-feira (27/05). O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, deputado André Ceciliano (PT), ao fim da sessão virtual de votação.

Estão de volta: André Correa, Marcos Abrahão, Luiz Martins, Chiquinho da Mangueira e Marcus Vinicius Neskau. Saíram, os seguintes deputados, Capitão Nelson (Avante), Carlo Caiado (DEM), Paulo Bagueira (SDD), Sérgio Fernandes (PDT) e Sérgio Louback (PSC), que deixam suas cadeiras na Alerj. "Quero saudar os deputados, que foram de grande importância e contribuíram muito no período. Nós cumprimos o Regimento e a Constituição sempre", destacou, André Ceciliano, em referência aos que deixaram o cargo.

Empossado em abril de 2019, o deputado Carlo Caiado (DEM) falou sobre a recepção que teve ao chegar à Casa. "Decisão judicial cumpre-se. Meus sinceros agradecimentos a todos os deputados, fui recebido de portas abertas por deputados de centro, direita, esquerda, todos, mesmo chegando já com alguns meses de mandato", afirmou.

O deputado Sérgio Fernandes (PDT) também agradeceu os colegas de todos os partidos. "Cheguei nesta Casa para ter uma experiência incrível, no meu primeiro mandato e sem qualquer experiência legislativa. Tive a oportunidade de aprender e dialogar muito".

Os cinco deputados foram eleitos em 2018, mas presos preventivamente em novembro do mesmo ano na Operação Furna da Onça, um desdobramento da Operação Lava Jato que investigou corrupção entre deputados estaduais e empresas privadas, além de loteamento de cargos em órgãos públicos.

Eles deixaram a prisão em outubro de 2019, após a ministra Carmem Lúcia, do STF, entender ser responsabilidade da Alerj soltar ou manter presos os políticos e o plenário da casa votar a favor da libertação.

TV AO VIVO

Comentários

rossis rodape