Araruama inaugura hospital com 70 leitos

Por Cezar Guedes em 27/06/2020 às 17:11:21
Foto: Rafael Gonçalves

Foto: Rafael Gonçalves

Em uma cerimônia com poucas pessoas, transmitida on line pelo Facebook, foi inaugurado neste sábado(27) o Hospital Geral Municipal Jaqueline Prates. Considerado de baixa e média complexidade, a unidade de saúde foi projetada para fazer cirurgias eletivas como as de abdome, ginecológicas e ortopédicas, em menor grau. No entanto, devido a Covid-19, somente os serviços de maternidades funcionarão, incialmente.

Sem uma maternidade, as gestantes de Araruama precisam deslocar-se para outros municípios na hora de dar à luz

"Desde o início do nosso governo, em 2017, já foram investidos R$ 331 milhões na Saúde Pública. E esse hospital é a garantia de que os moradores vão ter ainda mais atendimento digno e de qualidade ", disse a prefeita Lívia de Chiquinho, no momento da inauguração.

O hospital conta com 70 leitos sendo dez enfermarias, três delas pediátricas; duas unidades semi-intensivas, adulta e pediátrica; centro cirúrgico com Unidade de Recuperação Pós-Anestésico e quatro salas de cirurgia.

Um aspecto diferenciado do Hospital Geral é o serviço de Parto humanizado: a paciente é assistida por um médico, que somente intervém se houver necessidade de segurança para a mãe e o bebê. Neste tipo de parto, é a mulher é quem conduz a ação, seguindo seu próprio processo fisiológico.

No centro de parto humanizado funcionará três salas: pré-parto, parto e pós-parto; quatro enfermarias de cirurgia obstetrícia, com 10 leitos.

Para garantir a segurança, foram instaladas câmeras em todo o prédio, ou seja, a unidade vai ser monitorada 24 horas por dia.

TV AO VIVO

Comentários

rossis rodape