LOMADEE 1

Obra de mais de R$ 10 milhões tem projeto alterado para encurtar prazo e garantir palanque ao prefeito de Duque de Caxias

Por Cezar Guedes em 01/07/2020 às 12:14:19

"Qualquer casa racha", disse o prefeito Washington Reis aos moradores prejudicados

Quando, em 2018, a Prefeitura de Duque de Caxias anunciou o início das obras do viaduto de Gramacho, os moradores dos bairros formados no entorno chegaram a comemorar. Orçado inicialmente em cerca de R$ 11 milhões, o projeto já teria custado mais do que isto e nada de a obra ficar pronta. Há 15 dias, entretanto, a população do bairro Sarapuí soube que o projeto foi alterado, o que contribuirá para acelerar a conclusão e possibilitar que o prefeito Washington Reis – pré-candidato à reeleição – participe da inauguração, o que não seria possível se a obra só ficasse pronta durante o período de campanha eleitoral.

A ideia inicial era interligar as avenidas Leonel Brizola e Teixeira Mendes, no bairro Sarapuí, o que facilitaria em muito a vida de quem transita pela região, mas uma alteração repentina anunciada pela Secretaria Municipal de Obras, segundo os moradores, acabou criando uma situação perigosa: a Prefeitura resolveu tirar a Avenida Teixeira Mendes do projeto, optando por jogar o tráfego para a Rua Herman Lundgren que não tem condições de suportar o volume de veículos pesados que virão a partir da Avenida Leonel Brizola.

"Qualquer casa racha" – Se os moradores da Rua Herman Lundgren estão preocupados com os problemas que virão com o trânsito pesado, o prefeito Washington Reis parece não estar dando a mínima para as queixas, pois tem respondido com ironia os questionamentos de quem mora na via escolhida para dar passagem a ônibus, caminhões e carretas.

Via rede social Reis disse aos moradores da Herman Lundgren que o fluxo tem que passar em algum lugar. "Não quer que passe um fluxo maior? Tem que passar em algum lugar! Não quer que dê uma rachadura na parede? Gente, qualquer casa racha", disse o prefeito em uma live.

De acordo com os moradores, o prefeito disse que "é só um trecho de 80 metros" da via será afetado, o que não seria motivo de precaução para ele. Só que alguns já perderam até suas garagens e pontos comerciais também já estão sendo prejudicados.

Transtornos já começaram – Que o prefeito Washington Reis não é chegado ao diálogo e não gosta de receber críticas não é novidade em Duque de Caxias, mas os moradores da Rua Herman Lundgren só ficaram sabendo disto na semana passada. Reis fez uma live para falar sobre a alteração do projeto, mas, reclamam os moradores, não permitiu que eles se manifestassem.

Eles queriam dizer ai prefeito, por exemplo, que várias casas já estão com rachaduras e que os que tem carro não conseguem mais usar suas garagens, pois a Prefeitura certou as entradas com tapumes.

Sem conseguirem dialogar com a administração municipal, os moradores da Rua Herman Lundgren estão encontrando apoio no Ministério Público, que ontem (30) mesmo já fez contato com eles.

TV AO VIVO

Comentários

rossis rodape