Minha Casa Pre Fabricada

Em 21 de outubro de 1879, Thomas Edison inventava a lâmpada

Por Cezar Guedes em 17/10/2020 às 21:10:54
Grande inventor de seu tempo, Thomas Edison criou a primeira lâmpada incandescente a ser comercializada em grande escala / GB Imagem

Grande inventor de seu tempo, Thomas Edison criou a primeira lâmpada incandescente a ser comercializada em grande escala / GB Imagem

Desde o início do Século XIX, vários inventores tentaram construir fontes de luz à base de energia elétrica. Humphry Davy, em 1802, construiu a primeira fonte luminosa com um filamento de platina, utilizando-se do efeito Joule, observado quando um resistor é aquecido pela passagem de uma corrente elétrica a ponto de emitir luz visível. Outros vinte e um inventores construíram lâmpadas incandescentes antes de Thomas Alva Edison, que foi o pioneiro a construir a primeira lâmpada incandescente comercializável em 1879, utilizando uma haste de carvão (carbono) muito fina que, aquecida passa a emitir luz, inicialmente bastante avermelhada e fraca, passando ao alaranjado e alcançando o amarelo, com uma intensidade luminosa bem maior, ao atingir sua temperatura final. A haste era inserida numa ampola de vidro onde havia sido formado alto vácuo. Como o filamento de carvão tinha pouca durabilidade, Edison começou a fazer experiências com ligas metálicas, pois a durabilidade das lâmpadas de carvão não passava de algumas horas de uso.

A lâmpada de filamento de bambu carbonizado foi a que teve melhor rendimento e durabilidade, sendo em seguida substituída pela de celulose, e finalmente a conhecida até hoje com filamento de tungstênio.

TV AO VIVO

Comentários