Eleições suplementares só deverão acontecer no fim do ano

E os prefeitos interinos agradecem

Por Cezar Guedes em 28/03/2021 às 10:00:06

Marcadas para o dia 11 de abril, as eleições suplementares de Itatiaia e Santa Maria Madalena, não deverão ser realizadas no primeiro semestre. O adiamento foi aprovado por unanimidade pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro por conta da pandemia de Covid-19, decisão que prorrogou os governos interinos e jogou um balde de água fria sobre os candidatos a prefeito e vice com chances de vencer a disputa. A estimativa é de que os eleitores dos dois municípios só deverão voltar às urnas em novembro.

Para conduzir aprovação do adiamento por tempo indeterminado, o presidente do Tribunal, desembargador Cláudio dell´Orto, destacou o risco do colapso do sistema de saúde e o aumento exponencial de vítimas da Covid-19. "Por maiores que sejam as medidas de precaução, sem o recomendável isolamento social não haveria como garantir as condições adequadas de segurança aos eleitores, servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral", disse ele.

Cláudio dell´Orto citou também a orientação do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, no sentido de adiar os pleitos suplementares marcados em diversos municípios. Antes de escolher uma nova data o TER-RJ vai analisar o relatório de monitoramento da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Serão os mapas de riscos dos municípios que vão basear uma nova decisão da corte.

Comunicar erro
Anazon-Moda e Beleza