LOMADEE 1

Acusado de incêndio em reserva de Petrópolis tem HC negado

Por Cezar Guedes em 30/07/2020 às 21:37:49

Acusado de ter provocado um incêndio em área de proteção ambiental, Heli Barroso Martins teve Habeas Corpus negado pelo desembargador Peterson Barroso Simão, do Tribunal de Justiça do estado. A decisão foi proferida nesta quarta-feira e o infrator continua preso.

Heli está preso preventivamente sob a acusação de atear fogo em seu próprio carro, visando receber o valor do seguro, conforme investigações da polícia. O fogo teria provocado um incêndio de grandes proporções em área de vegetação da Reserva Biológica de Araras, em Petrópolis, Região Serrana do Rio.

Peterson Barroso Simão deixou de acolher a tese da defesa para revogação da prisão ou a substituição por medidas cautelares, alegando que o acusado é integrante do grupo de risco, por ter 64 anos de idade e ser portador de doença cardíaca. Segundo o magistrado, os autos não demonstram que a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) deixa de dar assistência médica aos presos.

Destacou ainda que "também não é o caso de conversão da prisão em outras medidas cautelares, pois como já dito, o fato é extremamente grave e deve o Judiciário resguardar a ordem pública e a paz social em face daqueles que praticam ilicitudes".

A denúncia aponta que Heli foi à polícia para dar queixa de um assalto e, na ocasião, o seu veículo teria sido incendiado. De acordo com a investigação, horas antes, ele adquiriu um galão de combustível num posto de gasolina. O incêndio destruiu mais de 30 mil metros quadrados de mata, sendo considerado um dos maiores já ocorridos em Petrópolis.

TV AO VIVO

Comentários

rossis rodape