Glória Menezes, talento que atravessa gerações

Sem contrato com a Globo, a atriz tem 86 anos, exibe fôlego invejável e nem pensa em se aposentar

Por Cosme N Braga em 08/04/2021 às 10:41:01
Glória Menezes e Tarcísio Meira. A parceria de amor começou há mais de cinquenta anos. Eles são considerados um dos relacionamentos mais estáveis do meio artístico / Renato Rocha Miranda-RG

Glória Menezes e Tarcísio Meira. A parceria de amor começou há mais de cinquenta anos. Eles são considerados um dos relacionamentos mais estáveis do meio artístico / Renato Rocha Miranda-RG

O ano passado marcou o final de uma trajetória do casal mais sólido da teledramaturgia brasileira. O impensável aconteceu. Com o objetivo de reduzir custos para "fechar no azul", a Globo promoveu durante todo ano de 2020 um sério corte de gastos e uma dispensa nunca vista em seu casting de artistas. E, Tarcísio Meira e Glória Menezes, contratados da emissora com exclusividade por 53 anos foram dispensados, colocando ponto final numa das parcerias mais sólidas do meio artístico.

Glória Menezes, ao lado do marido, o ator Tarcísio Meira agora curte momentos de folga refugiada numa das fazendas do casal e não descarta voltar à cena quando a pandemia passar. Neste caso, tanto ela quanto Tarcísio seriam contratados por obra.

Desde o protagonismo da primeira novela exibida na TV, em 1963, até o amor e o companheirismo que nasceram e cresceram nos bastidores, Tarcísio e Glória começaram em uma época na qual o público ainda não tinha nítida a separação entre atores e personagens. Glória e Tarcísio sempre foram presenças constantes na teledramaturgia nacional, começando pela primeira novela protagonizada por eles, a "2-5499 Ocupado", em 1963, na extinta TV Excelsior, ano em que se casaram. "Quando nos falaram que faríamos novelas, nós não conhecíamos o que era. Conhecíamos somente as novelas de rádio, então pensamos: "Meu Deus, isso não vai dar certo"", confessa Glória relembrando o começo de sua carreira e os primeiros passos da televisão, dominada pelo teatro ao vivo.

Acompanhar a performance de Glória Menezes na telinha é sempre um prazer. Não se engane, o jeito miúdo da atriz esconde uma grande força e, principalmente, um grande talento. Do alto dos seus 86 anos de idade, ela esbanja simpatia e pode se dar ao luxo de fazer o que quiser em cena. As suas personagens, desde madames até as mais humildes, sempre foram e sempre serão sucesso.

Falando da carreira de Glória Menezes na televisão, foram dezenas de novelas, algumas vezes emendando um trabalho ao outro; recentemente o público pode conferir o talento da atriz na reprise de "Totalmente Demais", novela de 2015, na qual interpretou Stelinha, uma mulher cheia de vida e alegria, assim como ela é na vida real. Na época, as gravações da novela praticamente emendaram com as apresentações do espetáculo "Ensina-me a Viver", estrelado pela atriz em São Paulo.

Casal feliz. Tarcísio e Glória estão casados desde 1963 e são pais do também ator Tarcísio Filho, sendo que Glória tem outros dois filhos, frutos de um casamento anterior. "As pessoas são muito carinhosas com a gente. Não somos o casal perfeito, somos apenas um casal", disse Tarcísio Meira em uma entrevista a Pedro Bial. Glória concorda e dá uma explicação que, de tão simples, parece realmente coisa de novela: "Aqui é assim, eu amo profundamente o Tarcísio e eu tenho certeza de que Tarcísio ama profundamente a Glória. Eu sei que é coisa rara, mas isso aconteceu com a gente, o amor".

Nascida Nilcedes Soares Magalhães, no dia 19 de outubro de 1934, em Pelotas, no Rio Grande do Sul, no entanto, ainda menina, mudou-se com a família para São Paulo onde cursou a Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo e depois começou a atuar no palco. No ano de 1959, Glória ganhou o prêmio Atriz Revelação num festival de teatro amador promovido pelo diretor Antunes Filho; foi o seu passaporte para o sucesso. Nesse mesmo ano, estreou na televisão, na novela "Um Lugar ao Sol", depois veio a peça "Feiticeiras de Salém" e o inesquecível filme "O Pagador de Promessas", rodado em 1960 e ganhador da Palma de Ouro, no Festival de Cannes. Um sucesso após o outro na recém-iniciada carreira da jovem atriz.

A trajetória na Globo começou em 1967, com a novela "Sangue e Areia", de Janete Clair, na qual ela também atuou ao lado do marido. Depois, vieram outros sucessos, alguns dignos de nota, como "Irmãos Coragem", "Cavalo de Aço", "O Semideus"; inesquecível também é "O Grito", "Pai Herói", "Rainha da Sucata", entre outras.

Vale a pena lembrar também do seriado "Tarcísio & Glória", na qual ela interpretou a extraterreste Ava Becker que mantinha um estranho relacionamento com o empresário Bruno Lazzarini, vivido por Tarcísio Meira.

E tem mais um sucesso, a participação da atriz nos momentos finais da novela "Joia Rara", na qual ela apareceu careca na pele da personagem Pérola, em sua fase adulta, quando se torna monja.

Além da televisão e do teatro, Glória Menezes também tem a sua marca no cinema nacional. Depois do sucesso de "O Pagador de Promessas", ela atuou em outros inúmeros filmes, destacando-se "Lampião, o Rei do Cangaço", "Independência ou Morte" e "Se Eu Fosse Você".

Como já dito anteriormente, dificilmente a atriz fala de sua privacidade. No entanto, ela não esconde o seu amor pela família e preza os momentos que passam juntos, na maioria das vezes isso acontece na propriedade rural mantida por Glória e Tarcísio; a fazenda fica no interior de São Paulo. Lembrando que o casal também mantém agronegócio no Estado do Pará. A maior diversão de Glória Menezes é cuidar pessoalmente de seu jardim enquanto aguarda um convite para voltar a atuar.

Comunicar erro
Anazon-Moda e Beleza