Tiro sai pela culatra em Rio Bonito: Oposição vai usar proposta da própria mesa diretora para mudar o comando da Câmara de Vereadores

Por Cezar Guedes em 17/05/2021 às 07:51:27
Eduardo perdeu o apoio da maioria dos membros da Câmara

Eduardo perdeu o apoio da maioria dos membros da Câmara

A reeleição do vereador Eduardo Ferreira Soares (Solidariedade) à presidência da Câmara de Vereadores de Rio Bonito, ao que tudo indica, foi para as cucuias. Conforme o Jornal dos Municípios já havia revelado, numa tumultuada sessão realizada na última quinta-feira (13), ele tentou, na marra, retirar de pauta o projeto de resolução que antecipava para o dia 20 de maio a reeleição para o comando da Casa, proposto pelos membros da mesa diretora presidida por ele.

Ele voltou atrás depois ao perceber que a proposta seria aprovada, mas não tinha mais a seu favor os votos necessários para ser manter-se no cargo no biênio 2023-2024. De acordo com alguns membros da Casa, Eduardo encerrou a sessão porque queria retirar o projeto de pauta sem ouvir o plenário e se deu mal. Menos ele tendo mandado desligar o disjuntor geral da sede da Câmara para evitar que os demais vereadores prosseguissem com os trabalhos, a proposta foi votada, aprovada e a eleição está prevista para acontecer na próxima semana, quando um bloco formado por sete vereadores deverá escolher um novo presidente.

Além de ter perdido a parada sete dos onze vereadores, Eduardo Ferreira poderá ser alvo de uma comissão especial de investigação, pois durante a segunda etapa da sessão foi revelado em plenário que alguns membros da Câmara teriam sido coagidos para assinar documentos com os quais não concordavam, alguns deles em branco. Também deverá ser proposto procedimentos para apurar as despesas com manutenção da Casa.

*O espaço está aberto para manifestação da Câmara Municipal de Rio Bonito)

Comunicar erro
Anazon-Moda e Beleza