Bolas foram criadas em 1847

Soprador de vidro foi o inventor das bolinhas coloridas na Alemanha

Por Cezar Guedes em 23/12/2020 às 21:21:40

As tradicionais bolas de Natal, indispensáveis para enfeitar o pinheiro, foram inventadas na Alemanha em 1847 por um soprador de vidro. Até então, a decoração era feita com frutas com a presença destacada da maçã vermelha, que as crianças comiam na Festa de Reis. A história não é muito precisa sobre a ideia. Poderia ter havido uma seca muito
grande, prejudicando a produção da fruta ou a família do soprador não tinha dinheiro para comprá-las.
As bolas foram criadas em Lauscha, cidade que se destacava na produção de artefatos de vidro. O soprador criou os artigos simulando maças e nozes.
Não demorou muito para comerciantes perceberem que a ideia poderia se transformar em um ótimo negócio. As primeiras peças foram inspiradas nas frutas e logo depois começaram a produzir também estrelas, corações e imagens de santos. Os processos foram sendo aperfeiçoados até surgirem as bolinhas de todas as cores e tipos de decorações como as disponíveis no mercado hoje.
A cidade liderou por muito tempo o fornecimento de artigos para decoração natalina. Já na França, outro soprador
teve a ideia em 1858 em Meisenthal, depois que uma seca praticamente eliminou maçãs e outras frutas. Por volta do ano
1880, o americano Frank Winfield Woolworth importou os primeiros enfeites para os Estados Unidos. Na Europa, a novidade também se espalhou. Atualmente, as tradicionais bolas ainda são produzidas em Lauscha por sopradores
artesãos que tentam manter a cultura viva.

Comunicar erro
TV AO VIVO
Minha Casa Pre Fabricada